Comissão técnica visita construção de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Fluviais para municípios do Amazonas

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 191

Uma comissão técnica formada por representantes do Ministério da Saúde (MS) e do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (COSEMS-AM) realizaram uma visita, nesta quinta-feira (7), ao estaleiro Jr. Serviços Navais, que está construindo 52 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) fluviais para municípios do interior do Amazonas.


  

De acordo com o consultor técnico do MS, Marcos Dantas, o objetivo da visita foi fiscalizar o andamento dos trabalhos e, principalmente, checar a questão do cumprimento de prazos para a entrega dos barcos à população. Ele explicou que as visitas são uma rotina da área técnica do ministério.

“É importante esta visita in loco para verificarmos se os projetos estão sendo encaminhados dentro da normalidade e se há alguma pendência nos processos, tanto por parte do Ministério da Saúde quanto por parte das prefeituras, ou mesmo por parte do estaleiro responsável pela construção das embarcações”, disse Marcos Dantas.

Para o coordenador dos Apoiadores do COSEMS-AM, Claudio Pontes, a visita técnica possibilita o acompanhamento dos trabalhos de forma mais efetiva. “Essa é a forma correta de fazer os projetos caminharem. Nós, do COSEMS-AM, auxiliamos os secretários municipais de saúde ao longo de todo o processo, ajudando na parte burocrática, acompanhando todo o trâmite em Brasília e inserindo documentos e fotos no SISMOB, que é o Sistema de Monitoramento de Obra do Ministério da Saúde”, comentou.

A vice-diretora do COSEMS-AM e secretária municipal de Saúde do Município de Tefé, Adriana Moreira, que fez parte da comitiva, destacou a importância das UBSs fluviais para o setor de atenção básica de saúde no interior do Amazonas. “Essas embarcações conseguem levar saúde a locais isolados, onde a população realmente não tem acesso muitas vezes a um simples exame laboratorial. É um grande avanço para a área da Saúde nos municípios”, afirmou.

Fonte: Assessoria de Comunicação Cosems-AM.