VII Conferência Municipal de Saúde reúne centenas de pessoas em Autazes

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 125

A programação contou com palestras sobre “Saúde como Direito”, “Consolidação dos Princípios do Sistema Único de Saúde”, e “Financiamento do SUS”.


A VII Conferência Municipal de Saúde foi realizada em Autazes durante dois dias, a abertura oficial aconteceu na terça-feira (26) e a programação se estendeu durante a quarta-feira (27), com o tema: “Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS”. O Prefeito Andreson Cavalcante participou do evento, que reuniu centenas de pessoas. Vereadores e Secretários Municipais também estiveram prestigiando essa iniciativa que visa melhorar cada vez mais os atendimentos de saúde no município. A programação contou com palestras sobre “Saúde como Direito”, “Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde”, e “Financiamento do SUS”, e foi realizada pelo Conselho Municipal de Saúde e SEMSA, com total apoio da Prefeitura de Autazes.
 
O Prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante, ressaltou que “todas as grandes conquistas do Sistema Único de Saúde partiram de conferências como essa, estou muito feliz com essa realização em nosso município. Os avanços da saúde durante nossa gestão é notório, podemos pontuar cada conquista, mas, reconhecemos que temos muitos desafios ainda e um deles é a Unidade Mista de Autazes, que se encontra em situação precária, pois foi construída quando Autazes tinha apenas 10 mil habitantes e hoje já temos mais de 40 mil pessoas que residem no município. Portanto, nossa missão é sensibilizar o Governo do Amazonas, para que possamos ter um Hospital capaz de atender todas as demandas”, enfatizou.
 
“As Conferências de Saúde funcionam como fóruns de deliberação e discussão de diretrizes para a saúde pública para os quatro anos seguintes, estabelecidas em 1988, pela Lei Federal 8.142.”

Fonte: Assessoria de Comunicação de Autazes-AM.

 

Vacinas contra Influenza chegam em Barcelos e doses começaram a ser aplicadas nesta segunda-feira

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 87



Chegaram em Barcelos o quantitativo de 13.180 doses da vacina contra o vírus H1N1, a SEMSA já está estruturando a distribuição das doses nas UBS  do município para atender a demanda.

A Secretaria Municipal de Saúde espera atingir 100% de imunização, desde segunda feira estão disponíveis em todas as unidades básicas para os grupos prioritários que são: Crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, trabalhadores da saúde, puérperas, idosos, indígenas, professores,  população privada de liberdade e  pessoas imunodeprimidos.

“O prefeito Edson Mendes solicitou junto a secretária de saúde Patrícia Leite total atenção ao bom andamento da organização para o início da Campanha de vacinação,  a equipe fez a conferência das doses e realizaram a distribuição nas Unidades Básicas de Saúde de Barcelos.”  disse a Coordenadora do PNI Enfermeira Glete Chagas.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação de Barcelos-AM.

 

Cosems-AM presente nas Conferências Municipais de Saúde no Amazonas

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 165

A 16ª Conferência Nacional de Saúde tem como tema central a "Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS", e está dividida em 03 Eixos Temáticos:

Eixo Temático I – Saúde como Direito
Eixo Temático II – Consolidação do SUS
Eixo Temático III – Financiamento do SUS

O Cosems-AM tem ajudado na realização das conferencias municipais de saúde através da sua equipe técnica. No primeiro momento foi construída uma cartilha de passo a passo para a realização das conferencias, além de modelo de decreto de nomeação, modelo de regimento e portaria, todo material foi distribuído eletronicamente a todos os secretários municipais de saúde.


A segunda etapa foi o suporte dado pelo telefone, com intuito de sanar as dúvidas referentes ao material e ajudar principalmente os gestores que estão realizando sua primeira conferencia municipal de saúde.


No ano de 2015 o Cosems/Am apoiou os municípios e conseguiu estar presente em 35 cidades do interior do Amazonas para ajudar a fazer as conferenciais municipais. Neste ano de 2019 a entidade pretende ultrapassar essa meta. Até o momento 32 municípios estão agendados para receber o apoio técnico em suas Conferencias.


Os Apoiadores Regionais do Cosems-AM já participaram das Conferencias dos Municípios de São Sebastião do Uatumã, Itamarati e Autazes, e parte do nosso corpo colaborativo está em deslocamento, as próximas cidades serão: Ipixuna, Guajará, Uarini e Alvarães.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Cosems-AM.

 

Começa Campanha de Vacinação contra H1N1 no Careiro Castanho

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 120


O Amazonas, com destaque para a Capital Manaus, é o estado do País com mais casos confirmados e com suspeita de H1N1, que consiste em uma doença causada por uma mutação do vírus da gripe e também conhecida como gripe suína. Ao todo já são 31 mortes confirmadas pelo vírus, segundo a 12ª edição do Boletim Epidemiológico da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). O documento mostra também que já foram notificados 807 casos, sendo 115 positivos para o Vírus da Influenza A (H1N1) e 152 para Vírus Sincicial Respiratório (SRV).


Na semana passada a SUSAM recebeu mais de dois milhões de doses da vacina. O Careiro foi um dos primeiros Municípios amazonenses a receber o medicamento, cerca de 9.137 doses já estão a disposição dos grupos prioritários nas unidades de saúde das zonas urbana e rural. O controle da vacina é feito pelo PMI. A determinação do Prefeito Nathan Macena, é que além de atender a procura nas UBSs, seja feito uma busca ativa para identificar as pessoas que se encaixam no grupo de risco e que ainda não tenham tomado a vacina. Para isso, a secretária Aldineia silveira, conta com a ajuda dos agentes comunitários de saúde que diariamente visitam casas coletando diferentes tipos de informações relacionadas a saúde da população.

O público-alvo da vacinação é formado por:
Crianças de seis meses a cinco anos;
Gestantes;
Profissionais de saúde e educação da rede pública e privada;
Indígenas;
Idosos com mais de 60 anos;
Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis;
Portadoras de outras condições clínicas especiais, como doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e portadores de trissomias (Síndrome de Down, Síndrome de Edward, Síndrome de Patau, Síndrome de Warkany).

 

Fonte: Assessoria de Comunicação de Careiro Castanho-AM.

 

Parintins recebe 27 mil doses de vacina contra Influenza e campanha inicia nesta sexta-feira

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 109


 A Prefeitura de Parintins recebeu na manhã de quinta-feira, 20 de março, um total de 27.600 doses de vacina contra a Influenza para a campanha de vacinação que inicia nesta sexta-feira (22) às 9h. A campanha é direcionada exclusivamente para aos grupos prioritários com meta de cobertura de 90%.
 
A coordenadora da Vigilância em Saúde de Parintins Elaine Pires lembrou que fazem parte do grupo de risco crianças de 06 meses a menos de 06 anos de idade, grávidas, puérperas, idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde, professores, indígenas aldeados, pessoas com doenças crônicas, jovens de 12 a 21 anos sob medida protetiva e população privada de liberdade.
 
"É importante destacar que a definição de grupo prioritário é feita pelo Ministério da Saúde e as vacinas enviadas correspondem a essa população", explicou.
 
Segundo o secretário de Saúde, Clerton Rodrigues Florêncio, a parceria com o Governo do Estado, por meio da SUSAM e Fundação de Vigilância em Saúde, atende a uma premissa do prefeito Bi Garcia e vice Tony Medeiros em promover parcerias e assim prevenir o maior número de parintinenses possível. "O Estado está em alerta por questão da gripe H1N1 e é fundamental que as pessoas que compõem o grupo prioritário estejam imunizadas e por isso é necessária a atenção de todos", afirmou.

Fonte: Assessoria de Comunicação de Parintins-AM.

 

Situação nutricional de crianças de Novo Airão gera estudo inédito

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 113

 

O relatório com a situação nutricional das crianças de Novo Airão, a 195 quilômetros de Manaus, pode servir de projeto piloto para um programa alimentar com potencial para ser implementado em todo o Amazonas. O estudo de meninos e meninas até cinco anos está sendo desenvolvido no município pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (COSEMS-AM) e em breve fará parte de um relatório de avaliação.
De acordo com a coordenadora do projeto, Estér Mourão, nutricionista do COSEMS-AM, a introdução alimentar nos primeiros anos da criança tem impactos para a vida inteira, mas a questão é pouco valorizada no Amazonas. Com isso, a desnutrição ainda é presente em muitos municípios do Estado.
Na região Norte, 18,8% das crianças de zero e cinco anos têm altura muito baixa ou baixa para a idade, e 6,4% delas têm peso muito abaixo ou baixo para a idade, devido a desnutrição. Os dados são da Fundação Abrinq, que em 2018 lançou uma nova edição do Cenário da Infância e da Adolescência no Brasil.
“Poucos governos avaliam ou fazem a relação das doenças com o estado nutricional da criança e como mudar isso. É um assunto muito subestimado. Não costumam avaliar o impacto da nutrição na vida das criança. E no Amazonas, principalmente no interior, temos uma alimentação pobre em nutrientes”, explica Estér Mourão.

Para mudar o quadro, o COSEMS firmou parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e implantou o projeto em Novo Airão. Mais de 500 crianças já passaram por avaliação feita por acadêmicos de Medicina e com equipamentos cedidos pelo Inpa. A Secretaria Municipal de Saúde de Novo Airão também tem dado suporte.
“O próximo passo é avaliar estes resultados e, a partir daí, organizar uma proposta nutricional para o município. Vale ressaltar que a prefeitura vem apoiando o estudo, pois sabe que no futuro as crianças de Novo Airão podem sofrer com menos doenças e serem mais saudáveis”, assinala a nutricionista do conselho.
Com 20 anos de experiência na área de nutrição, Estér Mourão vai além ao falar do projeto: “Quem sabe tenhamos começado um estudo que pode servir para todo o Amazonas…”, vislumbra. O sonho já começou.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Cosems-AM.