EM AUDIÊNCIA PÚBLICA DA SEMSA, SECRETÁRIA DE MANICORÉ REALIZA EXPLANAÇÃO DAS ATIVIDADES DE SAÚDE E AVANÇOS OBTIDOS.

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 163

 

A Secretaria Municipal de Saúde – SEMSA, realizou na tarde desta segunda-feira (11), Audiência Pública na qual apresentou a sociedade local o 2° e 3° Relatório Quadrimestral de Ação e Serviços de Saúde desenvolvido no município de Manicoré.
Depois de ouvir o pronunciamento do prefeito Sabá Medeiros que ressaltou a importância do evento no que diz respeito aos avanços obtidos na saúde, a Secretária da Semsa, Enfa. Laura Patrícia, destacou as principais ações e diversos serviços prestados no que tange à saúde da população. Aproveitou para destacar atividades promovidas através da atenção básica de saúde que contou com apoio do Hospital Regional Dr Hamilton Cidade e principalmente do governo municipal.
Quem foi e participou, teve a oportunidade de ficar a par de uma Importante prestação de contas da saúde a sociedade.
Participaram do evento ainda, os vereadores: Nelson Monteiro, Yuri Reis e Socorro Abreu, Secretários: Antonio Jorge da Semads,.Aristides Neves da Semtrer e Joaquim Ribeiro da Semps, além da presença da Direção do Hospital Regional Zildane Medeiros, Gerente da FVS/Manicoré Ricardo Rêgo e demais convidados.
O evento servio pra uma ótima explanação da Secretária da Semsa ao frisar os avanços que a saúde vem alcançando no município.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação de Manicoré-AM.

 

Secretário do interior vistoria reforma do Hospital de Lábrea e constata avanço na obra

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 154

 

As obras de reforma do Hospital Regional de Lábrea (distante 853 quilômetros de Manaus), realizadas por meio de um convênio entre o Governo do Amazonas e a prefeitura local, avançam no município. Entre quinta e sexta-feira (07 e 08/03) da semana passada, o secretário de Atenção Especializada do Interior da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Cássio Roberto Espírito Santo, foi ao município realizar uma vistoria técnica e constatou que os trabalhos evoluíram bem nos últimos dois meses.
Na ocasião, ele também participou da inauguração de unidades de saúde da prefeitura, que prestam serviços na atenção básica e disse que está cumprindo agenda de visitas a todos os municípios. O objetivo é verificar a situação da saúde local e tocar os projetos em parceria com as prefeituras para melhorar a saúde no interior.
“As obras do hospital de Lábrea já estão com 50% de execução, nós fomos visitar para avaliar e dar continuidade naquilo que é necessário, que é a finalização da obra física e aquisição de equipamentos”, disse o secretário. Ainda segundo Cássio Roberto, o convênio firmado entre a Prefeitura de Lábrea e a Susam é no valor de R$ 4 milhões para obras e equipamentos.
De acordo com o secretário, a reforma está sendo realizada por partes para não prejudicar o atendimento à população. A previsão é que a unidade seja entregue até o final deste ano. “Muita coisa já está concluída. O telhado praticamente todo já foi trocado, a parte da urgência já está quase pronta”, afirmou o secretário.
O hospital possui 60 leitos ativos e presta serviços de média complexidade, além de atendimento de urgências, emergências, cirurgias, radiografias, mamografia e ultrassonografia.
Ambulância – O secretário do interior contou que a pasta abriu um processo para a aquisição de uma nova ambulância para o município, uma vez que a antiga foi queimada em um ato atribuído a uma facção criminosa. O episódio também levou a Secretaria de Segurança Pública (SSP) enviar reforço para a cidade.
Atenção Básica – Em Lábrea, o secretário participou, ainda, da inauguração de duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da Prefeitura. Ele também visitou o centro de referência para o atendimento de hanseníase e tuberculose e Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism), todos gerenciados pelo município.
Para o secretário, a relevância da cobertura da atenção básica organizada nos municípios pode resolver em até 80% dos problemas de saúde da população, o que destaca a importância da parceria entre o Estado e o município na execução e organização dos serviços de saúde.
“Felizmente a cobertura da atenção básica no interior do Estado é maior do que na capital. (…) Isso significa que as pessoas lá adoecem menos e as doenças se agravam menos. Então o hipertenso não vai infartar, o diabético não vai ter uma complicação”, explicou Cássio Roberto.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação de Lábrea-AM.

 

COSEMS-AM Lança II Mostra Estadual: Amazonas Aqui Tem SUS

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 255

 

A II Mostra Amazonas Aqui Tem SUS, será realizada no dia 26/04/2019 em Manaus, os seis melhores trabalhos serão inscritos na Mostra Nacional Brasil Aqui Tem SUS. E seus autores irão apresentar os trabalhos em Brasília.

O objetivo da A II Mostra Amazonas Aqui Tem SUS é de propiciar o compartilhamento de experiências bem-sucedidas no âmbito do SUS; estimular, fortalecer e divulgar as ações de municípios que inovam nas soluções visando a garantia do direito à saúde; dar visibilidade às práticas de saúde na abrangência da gestão local, segundo a realidade dos territórios; promover um espaço para a troca de experiências e reflexões sobre a gestão e organização de serviços de saúde e oportunizar o fortalecimento estratégico e aprimoramento do Sistema Único de Saúde.


A seguir segue o Cronograma da II Mostra Amazonas Aqui Tem SUS:
 
18 de fevereiro de 2019  - Publicação do Regulamento da II Mostra Amazonas Aqui tem SUS.
21 de fevereiro de 2019 – Apresentação do Regulamento da II Mostra Amazonas Aqui Tem SUS. Por Vídeo Conferência.
29 de Março de 2019 – Prazo limite para inscrição dos trabalhos na II Mostra Amazonas Aqui tem  SUS.
29 de março de 2019 á 22 de Abril de 2019 - Orientações técnicas aos autores dos trabalhos inscritos na Mostra Amazonas Aqui tem SUS.
26 de abril de 2019 - Apresentação dos trabalhos na II Mostra Amazonas  Aqui tem  SUS .
3 de maio de 2019 – Prazo limite para inscrição, dos trabalhos vencedores da etapa Estadual, na Mostra Brasil Aqui Tem SUS – CONASEMS.

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do Cosems-AM.

 

REDE MUNICIPAL DE SAÚDE PASSA A CONTAR COM ONCOLOGISTA NO CAREIRO

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 517

 

Neste mês de março, o Careiro passará a ser o primeiro município Amazonense a disponibilizar oncologista, especialista em correção de mama, para as mulheres da cidade, que antes precisavam ir até a capital para ter acesso a esse tipo de procedimento. A iniciativa é da prefeitura, que através da Secretaria de Saúde, atenderá mais de 400 mulheres que já realizaram exames, no próprio município e que serão atendidas pelo médico cirurgião Dr Jander.


Estima-se que somente no Careiro, cerca de 20 mulheres por ano apresentem resultado positivo pra doença. Em todo Amazonas esse é o segundo tipo de câncer que mais mata mulheres no Estado.


Desde a reinauguração da unidade hospitalar do município, a secretária municipal de saúde, Aldinéia Silveira, atendendo a determinação do Prefeito Nathan Macena, tem buscado oferecer e acima de tudo facilitar o acesso a serviços que antes era indispensável a ida até a capital do estado para ter acesso e muitas vezes se deparar com uma fila interminável e infelizmente 5% dessas mulheres acabam morrendo antes mesmo de iniciar o tratamento.


A rede municipal de saúde no Careiro tem buscado abranger seus serviços, com intuito de desafogar a procura nos hospitais de Manaus e acima de tudo facilitar para que os pacientes, consigam ter acesso a um serviço de qualidade. É importante salientar que todo o processo desde as consultas, até a cirurgia, caso haja necessidade será feito no hospital do Município.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação de Careiro Castanho.

 

II Fórum Amazonense de Financiamento em Saúde discute transparência e dificuldades na gestão da saúde no Amazonas

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 161

Oferecer um serviço público de saúde de qualidade a partir da adequada aplicação de recursos e preservação dos equipamentos e patrimônio público. Esse é o objetivo do 2º Fórum Amazonense de Financiamento em Saúde, evento organizado pelo Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (COSEMS-AM) realizado no auditório João Bosco, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM).

 

De acordo com o presidente do COSEMS-AM, Januário Neto, uma das funções do fórum é colocar os órgãos de controle em consonância com os técnicos municipais. “É importante um bom relacionamento entre as partes na manutenção da transparência na aplicação dos recursos. Os órgãos de controle estão aqui para que a gente possa entender que o processo de auditoria não é um item da gestão. Na verdade, a auditoria faz parte da gestão e é fundamental para que haja economia na administração pública”, explica.

 

A superintendente da Controladoria-Geral da União, Mona Liza Prado Benevides Ruffeil, defendeu que é preciso formular políticas públicas eficientes que se adequem às realidades locais. Ela exemplificou citando o caso de municípios que investem na construção de várias UBSs numa mesma localidade, quando poderiam diversificar projetos. “É preciso avaliar as demandas para se ter um controle eficiente, pois, no final, os serviços cobrarão essa conta”, disse.

 

Os secretários municipais que participam do evento falaram sobre as dificuldades de se fazer gestão em saúde no interior do Amazonas. O secretário de Saúde de Santo Antônio do Içá, Francisco Ferreira, lembrou que, em 2013, os nove municípios do Alto Solimões se reuniram em um consórcio para a compra de medicamentos. “Foi a pior experiência de nossas vidas. Empresas do Sul e Sudeste venceram a licitação, mas, na hora de entregar os medicamentos, esbarraram na difícil logística da região. Resultado: amargamos meses sem receber sequer uma caixa de remédio”, afirmou.

 

O secretário de Boca do Acre, Manoel Barbosa, disse que certa vez o município conseguiu um recurso tabelado do Ministério da Saúde para a compra de uma ambulância, mas teve problemas para efetuar a compra. “Na tabela nacional a ambulância custava R$ 180 mil. Mas essa mesma ambulância, para chegar em Boca do Acre, custava até R$ 230 mil. Em sucessivas tentativas de licitação, o tempo passou e o preço terminou ficando ainda mais defasado. Essa dificuldade é que enfrentamos no ato de fazer gestão em saúde no interior do Amazonas”, desabafou. 

 

Também participaram do evento representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Tribunal de Contas da União (TCU), Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS), Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (DENASUS).

 



 

 

Fonte: Comunicação Cosems-Am.

 

COSEMS-AM REALIZA CAPACITAÇÃO SOBRE O NOVO SISTEMA DigiSUS

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 280


A Secretaria Executiva do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas COSEMS-AM, está promovendo à Secretaria de Estado de Saúde  SUSAM a capacitação sobre o novo sistema DigiSUS com foco nos gestores de saúde e nos técnicos responsáveis pelo preenchimento do Sistema.

A capacitação visa à atualização geral sobre o sistema DigiSUS e sua importância como ferramenta de gestão, além de sua normatização e operacionalização. A primeira turma está sendo capacitada hoje (26) por Priscila Lacerda GPS/DEPLAN/SUSAM, com 35 participantes entre Secretários de Saúde e Técnicos dos Municípios, a próxima turma será no dia 28 de Fevereiro.


A Capacitação tem como Conteúdo Programático:

1. Principais Características do DigiSUS;
2. Informações Gerais (Normatização, Operacionalização);
3. Conhecendo a página/Relatórios, Indicadores;
4. Acesso ao Sistema - Conhecendo o Sistema de Preenchimento e
Sugestões;
5. Espaço para Dúvidas.


 

 

Fonte: Comunicação Cosems-Am.