COSEMS-AM FAZ TREINAMENTO COM TÉCNICOS PARA ENTREGA DE SITE INSTITUCIONAL

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 127

 

O Cosems-AM retomou a série de treinamentos com técnicos para a entrega de sites institucionais para as Secretarias Municipais de Saúde. Os sites de Barcelos, Barreirinha, Japurá, Jutaí, Manaquiri, Santo Antônio do Içá e São Sebastião do Uatumã já foram entregues e estão no ar para livre acesso.


A ideia é padronizar o canal digital de comunicação das secretarias municipais de Saúde com o público de forma que todos os municípios mantenham a mesma linguagem e identidade visual na Internet. O serviço oferecido pelo COSEMS-AM não tem custos para as prefeituras.


Os sites das secretarias municipais terão uma interface simples e intuitiva. No ambiente digital estarão informações como o endereço das unidades de saúde dos municípios, uma descrição dos Programas Municipais de Saúde, informações e notícias sobre ações e atividades das equipes das secretarias, além de canais de comunicação com o público.

 

Fonte: Comunicação Cosems-AM.

 

SECRETARIA DE SAÚDE DE SÃO SEBASTIÃO DO UATUMÃ INVESTE RECURSOS SIGNIFICATIVOS NA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 128

A Prefeitura de São Sebastião do Uatumã, por meio da Secretaria de Saúde, tem investido recursos significativos na Assistência Farmacêutica, para dotar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com os insumos necessários para atender os usuários do sistema público de saúde.


Os recursos destinados à saúde do município foram utilizados para a compra de medicamentos que abastecerão as Unidades Básicas de Saúde Maria de Lurdes, Álvaro Braga, Dalila Monteiro, Altair Fernandes e Hospital Rosa Fabiano Falabella. Além de medicamentos, foram adquiridas com o recuso, roupas para serem utilizadas no centro cirúrgico e lençóis para as enfermarias do Hospital Rosa Fabiano Falabella.

 

Fonte: Semsa SSU.

 

MUNICÍPIO DE JURUÁ INICIA CAMPANHA NOVEMBRO AZUL

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 105


A Secretaria Municipal de Saúde de Juruá iniciou no dia 06, a campanha Novembro azul, mês da saúde do homem. As ações estão sendo organizadas pela Secretária de Saúde – Nádia, o Coordenador de Atenção Básica – Geraldo e pela Equipe de Saúde da Família.


Ações realizadas:
Verificação da pressão arterial
Verificação de glicemia
Realização de testes rápido
Atualização de cartão de vacina
Avaliação Odontológica e
Avaliação Médica
 

Fonte: Semsa Juruá.

 

EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA RIBEIRINHA DE BARCELOS REALIZA SUA PRIMEIRA VIAGEM

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 135

Primeira viagem da Equipe de Saúde da Família Ribeirinha, que fará cobertura de 12 comunidades da sua abrangência: Cavoeiro, Vila Nova, Moura e Rio Unini. As Equipes de Saúde das Famílias Ribeirinhas (ESFR) desempenham a maior parte de suas funções em Unidades Básicas de Saúde (UBS) construídas/localizadas nas comunidades pertencentes a regiões à beira de rios e lagos cujo acesso se dá por meio fluvial.


A equipe é composta: Uma médica, uma enfermeira, uma fisioterapeuta, um dentista, uma tecníca em saúde bucal e dois técnicos em enfermagem.  As equipes de Saúde da Família Ribeirinhas estão direcionadas para o atendimento da população ribeirinha da Amazônia Legal, considerando as especificidades locais.

 

 

Fonte: Semsa Barcelos.

 

PROJETO ZIKALAB COMEÇA NO AMAZONAS COM DEZ MUNICÍPIOS

por Comunicação Cosems-AM
em News
Acessos: 177

Dez cidades do Amazonas começaram a receber capacitação para diagnosticar microcefalia e trabalhar na prevenção do Zica vírus. O projeto ZikaLab, realizado numa parceria entre o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems-AM), Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), Ministério da Saúde e Johnson&Johnson, proporcionou um treinamento de 60 horas a profissionais de saúde dos municípios de Manaus, Autazes, Barcelos, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Iranduba, Manaquiri, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva.

De acordo com o presidente do Cosems-AM, Januário Neto, um ponto importante do projeto ZikaLab é a multiplicação do conhecimento para a rede de Saúde do interior do Estado. “O que acontece hoje é que os casos de média e alta complexidade estão concentrados na capital, o que obriga o morador do interior a se mudar para Manaus para buscar tratamento. Precisamos interiorizar a saúde para que a população do Amazonas tenha uma boa oferta desse serviço público em sua própria cidade”, comentou.

A microcefalia causa a malformação do cérebro do bebê. A doença pode ser diagnosticada ainda na gestação, no nascimento, ou nos primeiros anos de vida. Em 2017, seis estados brasileiros decretaram estado de emergência e viraram assunto na mídia internacional. O país, na época, enfrentou o maior problema de saúde pública dos últimos anos: o Vírus Zika e sua associação com o elevado número de casos de nascimento de bebês com microcefalia. O vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, espalhou-se rapidamente por todas as regiões, alcançando outros países da América, até ser considerada emergência internacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

No curso de capacitação oferecido pelo projeto ZikaLab, os profissionais de saúde, por meio de ações intersetoriais (Saúde, Educação e Assistência Social) e do “Manual técnico de formação do trabalhador de saúde no contexto do vírus zika”, aprenderam técnicas para melhorar a atenção e o cuidado às famílias e crianças no enfrentamento ao vírus Zika e a microcefalia.

 

 #ZikaLab

Fonte: Comunicação Cosems-AM.